5 passos para trabalhar o pós-venda no mercado imobiliário

5 passos para trabalhar o pós-venda no mercado imobiliário

Sua empresa lançou um empreendimento. Gerou campanhas de marketing, investiu em alcance digital, colocou pontos de vendas em locais estratégicos da região e conseguiu fechar vários negócios. Acabou? Não! Muito pelo contrário, ainda é necessário pensar em mais uma etapa: o pós-venda no mercado imobiliário.

É claro que, por ser uma venda longa, com parcelamento extenso justamente pela grande duração do contrato, trabalhar a parte de pós-venda pode parecer muito simples ou muito complicado.

Mas, não é nenhum dos dois! Neste artigo, nossa missão é descomplicar essa etapa da jornada do cliente e, também, mostrar que ela não deve ser feita de qualquer maneira. Vem com a gente e boa leitura!

Descomplicando sem simplificar o pós-venda

O pós-venda no mercado imobiliário não é nenhum bicho-de-sete-cabeças, a não ser que uma empresa não esteja preparada para ele!

Com dedicação, prática, adaptação e estudo, o atendimento de uma incorporadora vai estar devidamente pronto para colocar a “mão na massa” e realizar o trabalho de pós-venda.

Entretanto, você deve estar se perguntando qual a vantagem nisso. Bom, são muitas. Vamos listar algumas delas:

1) Custo de novos clientes

Manter um cliente é mais barato do que arranjar novos. O custo de adquirir novos clientes é quase oito vezes mais alto!

E o motivo é bem simples: aquela pessoa que já é sua cliente e fez negócio com sua incorporadora imobiliária já está levando toda o argumento e convencimento que o corretor de imóveis utilizou. Logo, para que ela feche uma nova venda com você, não há a necessidade de se passar pelo ciclo de negociação — que demanda tempo e dinheiro.

2) Fidelização na certa

Esse item está diretamente ligado ao anterior. Com o trabalho de pós-venda no mercado imobiliário, é possível fidelizar seus clientes e tornar o fechamento de novos negócios mais fáceis.

3) Indicações e mais indicações

Sabe aquele marketing “boca a boca”? É exatamente o que clientes fidelizados e satisfeitos fazem. O bom pós-venda no mercado imobiliário é o responsável por isso; ele permite que sua carteira de cliente permaneça segura da escolha que fez e, consequentemente, acabam indicando sua empresa para amigos, conhecidos, familiares, e por aí vai.

4) Reputação positiva no mercado

Você está vendo como uma coisa puxa a outra? Quando sua incorporadora oferece um pós-venda de qualidade, obtendo fidelizações e indicações, a boa reputação da empresa na região aumenta. Isso também é um sinal de que a empresa está se tornando referência no ramo.

5) Diminuição de distratos

Todos sabemos que os distratos são uma realidade em empresas imobiliárias. A fim de evitar que eles ocorram, o pós-venda no mercado imobiliário garante a manutenção do relacionamento e atendimento ao cliente.

Trabalhando o pós-venda no mercado imobiliário: 5 passos

Agora que você já sabe quais os benefícios do pós-venda, vamos aos finalmentes. Como inseri-lo dentro da empresa? Continue com a gente e acompanhe as próximas dicas.

Bom atendimento do começo ao fim

A qualidade no suporte e sucesso do comprador começa antes mesmo dele fechar o negócio. Quando existe um atendimento completo em toda a jornada do cliente, com informações completas e detalhadas por parte de todos os departamentos da incorporadora, construtora e corretor de imóveis, o pós-venda no mercado imobiliário se torna a cereja do bolo.

Agilidade

O cliente precisou de alguma informação específica? Teve algum problema para emitir o boleto ou outro documento? Precisa fazer renegociação do empreendimento? Então, garanta que o pós-venda da incorporadora vai estar preparado para essas e outras eventuais solicitações.

Invista no follow up

Follow up é o acompanhamento da satisfação do cliente e é uma ótima forma de trabalhar o pós-venda no mercado imobiliário. A partir dessa pesquisa, a incorporadora tem um termômetro ou medida de como está sendo a experiência dele com os serviços prestados.

Mas, atenção! O follow up deve ser feito periodicamente e os responsáveis pela função podem padronizar um roteiro, conduzindo-o a partir das respostas dos compradores. Ainda, pode ser utilizado formulários online de feedback para a coleta das respostas.

Informação é poder

Você, com toda a certeza, já deve ter ouvido essa frase. Quando se trata de pós-venda no mercado imobiliário, ela serve para sintetizar a importância de manter a carteira de clientes informadas por meio de um canal específico.

Um exemplo, é o e-mail marketing ou a distribuição de conteúdos por redes sociais.

Datas comemorativas

Uma das coisas que conquistam clientes é fazê-lo se sentir especial e valorizado. Então, é essencial não deixar passar datas comemorativas em branco, como aniversários. Ligar para o cliente, mostrar que ele não é apenas uma venda faz parte de uma estratégia humanizada de pós-venda no mercado imobiliário.

Aqui vale a dica: não sufocá-lo! Bom senso em primeiro lugar.

Conclusão da história

Bom, deu para perceber o quanto um pós-venda eficiente é decisivo para o sucesso de uma incorporadora.

Ele é tão importante que também é sinônimo de geração de valor, ou seja, a empresa enxerga o cliente muito além da compra. O pós-venda no mercado imobiliário envolve tratamento empático, humanizado, especializado e ágil. O comprador precisa ver que o setor realmente está preparado para resolver seu problema ou tirar sua dúvida.

Habilitar e treinar os setores para que esse atendimento de qualidade seja feito em toda a jornada é trazer consistência para a empresa imobiliária.

Caso tenha se interessado por melhorar o comercial de uma incorporadora, recomendamos o artigo “Entenda como fazer uma gestão de vendas eficiente em incorporadoras”. Não deixe de acessar!

E se gostou, compartilhe com seus colegas.